Sefaz prepara sistema do IPVA para parcela mínima de uma UPF

Atualizado em: 10/01/2018 22:45:20

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) informa que a opção de parcelamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) deste ano, com o novo valor mínimo da parcela de R$ 128,24 (1 UPF), estará indisponível no Sistema IPVA até esta sexta-feira. A medida é necessária em virtude da necessidade de ajustes e implementações no Sistema do IPVA.

A parametrização do sistema é realizada pela área de Tecnologia de Informação (TI) da Sefaz, após o Executivo confirmar nesta quarta-feira (10) a redução do valor mínimo da parcela do IPVA, que passou de 3 UPFs para 1UPF. A alteração consta do Decreto 1.330, disponibilizado no Diário Oficial e irá beneficiar 1,3 milhão de contribuintes. Saiba mais.

A Sefaz ressalta que a parametrização do Sistema não irá prejudicar os proprietários de veículos que desejam fazer o parcelamento do imposto, uma vez que o prazo para pagamento da primeira parcela é até o dia 31 de janeiro. O prazo é válido para contribuintes que possuem automóveis com placa final 1. 

Enéas Jacobina

O Rádio, por suas características, entra na mente das pessoas e lá trabalha, criando um teatro individual. Desperta emoções e produz atitudes. Leia mais

MANTENHA CONTATO!

Últimas postagens

resized image
TSE vai fiscalizar uso de dinheiro vivo nas eleições
18/07/2018
resized image
Adilton Sachetti diz que anunciará aliança na próxima semana
19/07/2018
resized image
Novo estudo diz que maconha medicinal não funciona para dor crônica
19/07/2018

MURAL DE RECADOS

  • MAYSA VENTURA
    Parabéns pelo Site, agora de cara nova e pelas matérias postadas, sempre os áudios no jornal 1010 ....! Grande abraço a todos.

  • ROBERTO SHOW
    Olá pessoal do MT Via Rádio parabens pelo o trabalho de informação e a ajuda que nos dá para abrilhantar a nossa programação... 

Todos os Recados

MT Via Rádio © Copyright 2014 - Todos os Direitos Reservados - Esse site é melhor visualizado em resolução 1024 ou superior

Desenvolvimento por: Ricard Cristian